sexta-feira, 20 de abril de 2012

Alguém exatamente como você



Preciso de alguém que me tire o sono, bagunce meus horários, me cause pesadelos pela falta de estar.
Alguém que me diga não enquanto seus olhos dizem sim, que me mate de rir e de dor ao se ausentar.
Que odeie várias partes de mim mas ame tantas outras, tão mais intensamente, que se permita esquecer, tolerar, suportar.

Quero alguém que me faça quebrar regras, criar outras e respeitar aquelas que jamais imaginei nem mesmo considerar. Alguém que me faça checar todos os meios de comunicação a cada minuto, numa esperança - muitas vezes vã - de uma palavra qualquer. Que me deixe louca por sumir de repente mas que reapareça surpreendentemente sempre que eu não esperar.

Quero alguém que me faça cantar no chuveiro todas aquelas músicas que aprendi a letra só por dizerem exatamente o que sentia. Que faça meu coração disparar sempre que o telefone tocar, que me faça assistir filmes horríveis e aproveitar cada segundo deles. Que me faça gostar de tudo aquilo que antes julgava ser ultraje, piegas.

Alguém que bagunce meu cabelo, amarrote minha roupa, borre meu batom. Me abrace forte, me rode no ar, me faça dançar no silêncio, me queime com seu olhar. Me ache linda a qualquer hora do dia, mesmo que eu tenha dispensado a maquiagem, deixado os cachos livres e vestido um jeans qualquer.

Preciso de um romance pra repaginar a minha vida, pra estar na boca do povo. Que todos invejem esse nosso amor, que eu mesma criei. Mas que no fundo, eu sei que em algum lugar, você sente falta de alguém exatamente como eu, como eu sinto de alguém exatamente como você.

Um comentário: