quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

A gota gelada num chuveiro quente



Eu estava curtindo minhas férias quando fui tomar banho e notei algo que me incomodava no chuveiro. Em meio a tantas gotas quentinhas e de efeito calmante havia uma que era bem gelada e caía continuamente em minhas costas. Pra vocês deve ser algo bem "e daí" mas como eu viajo em tudo que acontece comigo, comecei a pensar o porquê de aquela gota me irritar tanto, ela era apenas UMA em meio a inúmeras outras. Mas o fato de ela ser diferente me irritava, o fato de não ser como as outras, não ter o mesmo efeito calmante e sim o efeito eletrizante. Ela tinha a mesma forma das outras, a mesma função das outras, era apenas, diferente. E aí que passa a ter a ver com você. Por que nós insistimos em nos irritar com as diferenças? Por que uma pessoa, sendo formada exatamente como a outra não tem o direito de ser diferente sem ser excluída do grupo ou rotulada pelos outros "iguais"?
Eu sei que esse assunto é um clichê e que todo mundo bate nessa tecla há muitos anos, mas se é tão falado é porque tem motivo. A minha 'sorte de hoje' do orkut as vezes vem com uma frase interessante que diz mais ou menos que as gerações de hoje ri das modas antigas mas segue fielmente as modinhas atuais. Pra mim é exatamente isso que acontece no mundo e não culpo essa geração porque ao longo da história isso se repetiu várias vezes. Quer um exemplo? Se você não gosta de negros, homossexuais e deficientes você não tem direito nenhum de julgar um dos maiores inimigos dos direitos humanos: Adolf  Hitler.
Forte isso? Eu sei que você provavelmente não seria capaz de fazer o que ele fez, mas torturas emocionais, isolamentos sociais e violência podem ser armas perigosas e muitas vezes marcam muito mais a vida de uma pessoa que podemos imaginar.
Antes de rotular, isolar ou se irritar com uma pessoa só por ela ser diferente, pense se você estará honrando seus valores. O melhor homem do mundo disse uma vez que quem quisesse herdar o reino dos céus teria de ser diferente de todos os outros. Não encare a diferença como uma ameaça ou simplesmente como algo ruim, as pessoas são diferentes pra que possam ser amadas em seus detalhes, e ser "único" hoje é uma das metas mais difíceis que temos. Não tenha medo de ser diferente, de vestir o que gosta, de comer o que quer, de ser quem você, e somente você é. Porque o presente de ser diferente dos outros, foi Deus quem te deu, e agora, você é livre pra ser um gotinha gelada, em meio a bilhões de gotinhas quentes.